TV e videojogos aumentam os comportamentos agressivos em crianças

Esta investigação poderá alterar o futuro dos seus filhos. Leia mais aqui

15 janeiro 2001
  |  Partilhar:

A prevenção do comportamento violento em crianças pode ser tão fácil como desligar a televisão.
 

 

A revista norte-americana “Archives of Pediatrics and Adolescent Medicine”, na sua edição de Janeiro, revela um estudo em 225 crianças dos 3º e 4º anos de escolaridade e sugere que uma diminuição destas à exposição televisiva e a videojogos, reduz a agressividade e altera a sua visão do Mundo.
 

 

Neste estudo, Dr. Thomas N. Robinson e col. da Universidade de Stanford in Palo Alto, Califórnia; analisaram os efeitos de uma redução do tempo gasto pelas crianças a ver TV e a jogar videojogos. A um grupo de uma escola foi dado um aparelho que monitorizava a TV e compararam-no com um grupo sem esse dispositivo (grupo “controlo”).
 

 

Verificou-se uma diminuição dos comportamentos agressivos (segundo os companheiros), além destas crianças acharem o mundo menos “assustador”, embora a diferença entre os 2 grupos neste item, não seja significativa.
 

 

Segundo Robinson “este pequeno estudo indica que uma redução no tempo dispensado a ver televisão e a jogar videojogos, poderá ser um meio promissor na redução da violência nas crianças”.
 

 

Mas, os comportamentos violentos têm uma causa multifactorial, sendo difícil isolar um único factor causal, salienta o Dr. Garbarino “Televisão, Videojogos, filmes, armas, maus-tratos, escolas sem capacidade de resposta, serviços de saúde mental inadequados, drogas e desigualdades sociais, há alguém sem responsabilidade?”
 

 

Fonte: Reuters
 

adaptado por David Ferreira
 

MNI - Médicos na Internet

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.