Tuberculose: combinação de fármacos mostra-se promissora

Estudo publicado na revista “The Lancet”

26 julho 2012
  |  Partilhar:

Investigadores desenvolvem um novo regime de tratamento capaz de eliminar mais de 99% das bactérias causadoras da tuberculose, em duas semanas, dá conta um estudo publicado na revista “The Lancet”.
 

Neste estudo os investigadores da The Global Alliance for TB Drug Development (TB Alliance) tiveram como objetivo desenvolver um regime de tratamento mais rápido e fácil para os pacientes, mas também tiveram por alvo dois outros importantes desafios: o custo e a complexidade do tratamento.
 

No estudo em fase II foi testado uma combinação de fármacos denominada por PaMZ que inclui: um potencial fármaco contra a tuberculose, o PA-824; um antibiótico em desenvolvimento, o moxifoxacin e um fármaco já utilizado no tratamento desta doença, o pirazinamida.
 

O estudo apurou que esta nova combinação de fármacos pode ser mais eficaz que os tratamentos atualmente existentes para a tuberculose sensível ao tratamento e para tratar pacientes com formas da doença resistentes aos fármacos, em apenas quatro meses. Atualmente, os pacientes com multirresistência aos fármacos contra a tuberculose necessitam de 18 a 24 meses de tratamento. Mesmo aqueles infetados com estipes sensíveis ao tratamento requerem a toma diária de fármacos durante seis meses, referem os autores.
 

“Estes resultados vão de encontro aos nossos objetivos pois, em comparação com os tratamentos atuais, para a tuberculose multirresistente, este é mais curto, simples e mais barato”, referiu em comunicado de imprensa, o presidente da TB Alliance, Mel Spigelman.
 

Esta nova combinação também tem a vantagem de poder ser utilizada em indivíduos com sida. Atualmente, a tuberculose é a principal causa de morte destes pacientes, mas frequentemente os dois tratamentos não podem ser administrados conjuntamente devido às interações dos fármacos e efeitos secundários.
 

Mel Spigelman acrescentou que a nova fase dos ensaios clínicos já está a decorrer. “Estamos perto de brindar o mercado com tratamentos que irão salvar milhões de vidas”, conclui.

 

ALERT Life Sciences Computing, S.A. 

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.