Tuberculose aumenta em Portugal

Mais dois por cento de casos em 2002

24 março 2003
  |  Partilhar:

Em 2002 registaram-se 39,5 novos casos de tuberculose por 100 mil habitantes, mais dois por cento do que no ano anterior, embora a Direcção-Geral da Saúde (DGS) assinale um «decréscimo significativo» na maior parte dos distritos.
 

 

A excepção à regra continua a ser os distritos do Porto, Lisboa e Setúbal que, segundo dados da DGS, registam 2/3 do número total de casos assinalados em Portugal, com incidências superiores a 40 casos por 100 mil habitantes.
 

 

Uma assimetria justificada à Lusa pelo responsável pela luta contra a tuberculose na DGS, Fonseca Antunes, com o «maior peso» que têm nestes distritos factores como a população prisional, toxicodependentes, seropositivos e imigrantes, os grupos mais sensíveis a esta doença, cujo dia mundial se assinala hoje.
 

 

Desde 1996 que Portugal dispõe de um programa de luta contra a doença, elaborado pela Comissão Nacional de Luta contra a Tuberculose, e que se prepara actualmente para ser «repensado», conforme revelou à Lusa o director-geral da Saúde, José Pereira Miguel.
 

 

A necessidade de encontrar novas soluções para dar cumprimento aos objectivos do Programa foi também assinalada à Lusa pela secretária da Comissão da Tuberculose da Sociedade Portuguesa de Pneumologia (SPP), Raquel Duarte, que realçou existirem «várias dificuldades na sua aplicação no terreno».
 

 

Entre estas estão a falta de vagas nos hospitais para internamentos longos e de apoio laboratorial no interior do país.
 

 

Fonte: Lusa
 

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.