Trinta por cento dos adolescentes têm excesso de peso

Estudo da Escola Nacional de Saúde Pública

28 julho 2010
  |  Partilhar:

 

Mais de 30% das crianças e adolescentes portugueses têm excesso de peso, segundo resultados de uma investigação da Escola Nacional de Saúde Pública.

 

O estudo, dirigido ao grupo etário dos 9 aos 18 anos, abrangeu todos os distritos portugueses e incluiu a análise de 5.708 adolescentes escolarizados. Os resultados indicam que a prevalência de pré-obesidade infanto-juvenil é de 22,6% e que a prevalência da obesidade é de 7,8%.

 

“A investigação aponta para 30,4% dos adolescentes com excesso de peso. Estes valores são muito preocupantes, porque uma elevada prevalência do excesso de peso traz consequências, como o aparecimento da diabetes e de doenças cardiovasculares”, comentou à agência Lusa Isabel Loureiro, da Escola Nacional de Saúde Pública (ENSP).

 

A líder da investigação, cujo trabalho de recolha de dados decorreu entre 2008 e 2009, reforça o facto de a adolescência ser uma das últimas grandes oportunidades de controlar o peso, para que o adulto não venha a tornar-se obeso.

 

ALERT Life Sciences Computing, S.A.

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.