Trinta genéricos faltaram no mercado desde Outubro

Dados do INFARMED

22 dezembro 2008
  |  Partilhar:

Trinta dos 3.500 genéricos comercializados em Portugal faltaram no mercado desde a última baixa de preços daqueles medicamentos, ocorrida em Outubro, anunciou o INFARMED (Autoridade Nacional do Medicamento).

 

As três dezenas de genéricos que entraram em ruptura correspondem a 18 substâncias activas, e todas têm, à excepção de quatro delas, pelo menos duas alternativas no mercado de genéricos, acrescenta uma nota do INFARMED enviada à agência Lusa.

 

Excluindo quatro casos, que só têm uma alternativa cada, os restantes genéricos têm entre duas a 32 alternativas no mercado.

 

O Governo decretou a descida em 30% no preço dos genéricos, argumentando que o preço praticado em Portugal representava uma "situação única na Europa", em que a quota de mercado em valor era "claramente superior" à quantidade de medicamentos vendidos.

 

ALERT Life Sciences Computing, S.A.
 

 

 

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.