Trigo mais produtivo

Identificados genes que adaptam o cereal a vários climas

04 abril 2004
  |  Partilhar:

Cientistas norte-americanos identificaram os genes que dão ao trigo a sua capacidade de adaptação a diversos climas, o que poderá ajudar a humanidade a torná-lo mais produtivo e resistente a condições adversas.Uma equipa de investigadores da Universidade da Califórnia, em Davis, anunciou sexta-feira ter isolado e clonado o segundo de dois genes que controlam a vernalização, que é a capacidade da planta florescer só depois de um inverno frio. Esta capacidade permite que a planta tenha algum crescimento no Outono mas só floresça depois do Inverno.Ao encontrarem o gene que activa a floração e o que põe um travão a esse processo, os investigadores desenvolveram uma percepção mais clara de como o trigo tem sido capaz de se adaptar tanto a zonas de invernos longos como a regiões temperadas, o que o torna o cereal mais popular e importante de todos.A descoberta também abre caminho à manipulação do processo de vernalização, que poderá fazer gerar novas variedades de trigo, comercialmente mais significativas, com períodos de crescimento mais curtos, que floresçam mais cedo ou não floresçam de todo, explicou Jorge Dubcovsky, chefe da equipa de investigadores.O homem e o trigo têm viajado juntos por todo o planeta nos últimos dez mil anos, adaptando-se a climas e paisagens diferentes. A humanidade depende do trigo, que é o cereal mais cultivado. Mais de 270 milhões de quilos deste cereal - 23 por cento dos alimentos disponíveis anualmente para consumo humano - são cultivados em mais de 70 países e consumidos em todo o mundo. Fonte: Lusa

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.