Treze mil interrupções voluntárias de gravidez em oito meses

Dados do Ministério da Saúde

28 dezembro 2010
  |  Partilhar:

Nos primeiros oito meses deste ano foram realizadas em Portugal cerca de 13 mil interrupções voluntárias de gravidez (IVG), segundo dados do Ministério da Saúde divulgados pela agência Lusa.

 

O mesmo documento refere que, entre 01 de Janeiro e 31 de Agosto de 2010, foram realizadas 13.033 IVG, deste total, 12.676 foram submetidas ao abrigo da alínea e) do artigo 142.º do Código Penal, ou seja, “por opção da mulher, nas primeiras dez semanas de gravidez”.

 

Do total das interrupções realizadas até às dez semanas a pedido da mulher, 8.580 tiveram lugar em instituições de saúde públicas e 4.096 em instituições privadas. Por outro lado, 40 interrupções foram realizadas para evitar perigo de morte ou grave e duradoura lesão para a saúde física ou psíquica da grávida, 305 devido a grave doença ou malformação congénita do feto, cinco por ser o único meio para evitar a morte da mãe e sete por ser uma gravidez resultante de uma violação.

 

Em 2009 (de Janeiro a Dezembro), o total de IVG foi de 19.572, tendo 18.951 sido realizadas por opção da mulher nas primeiras dez semanas de gravidez.

 

ALERT Life Sciences Computing, S.A.

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.