Três unidades de Saúde açorianas com despesas sem cobertura orçamental

Dados do Tribunal de Contas

02 março 2006
  |  Partilhar:

 

Três unidades de Saúde dos Açores assumiram, em 2004, despesas sem cobertura orçamental num total de cerca de 12,5 milhões de euros, indicam relatórios divulgados pelo Tribunal de Contas (TC).
 

 

A detecção de despesas efectuadas sem a respectiva cobertura orçamental consta dos relatórios sobre a verificação interna de contas aos centros de Saúde de Santa Cruz das Flores e da Horta a à unidade de saúde da ilha do Pico.
 

 

No caso da unidade da saúde do Pico, o TC apurou que o conselho de administração autorizou o processamento de despesas sem cobertura orçamental no montante de 5,7 milhões de euros. A mesma situação registou-se nos dois centros de saúde analisados, caso do da Horta com 4,6 milhões de euros e do de Santa Cruz das Flores com 2,2 milhões de euros.
 

 

Perante esses dados, o TC recomendou às três administrações que encontrem, junto da tutela (Governo Regional), as soluções técnicas de natureza financeira e orçamental que permitam evitar situações de incumprimento perante terceiros, assim como a assunção de encargos sem cobertura.
 

 

Fonte: Lusa
 

Médicos na Internet
 

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.