Três mulheres grávidas com embriões humanos clonados

Ginecologista italiano lança nova polémica

25 abril 2002
  |  Partilhar:

O polémico ginecologista italiano Severino Antinori confirmou a existência de três gravidezes com embriões humanos clonados, mas negou qualquer tipo de envolvimento com alguma delas.
 

 

Na gravação do principal programa de debate da televisão pública italiana, RAI, Antinori explicou que duas gravidezes foram realizadas na antiga União Soviética, e a terceira num país da península Arábica, encontrando-se respectivamente na nona, sétima e sexta semana de gestação.
 

 

O controverso ginecologista sublinhou não estar envolvido nestes processos, desmentido indirectamente a sua participação numa suposta e bem sucedida gravidez para o nascimento do primeiro clone humano, anunciada recentemente pela imprensa.
 

 

As publicações digitais "Gulf News" (Emirados Árabes) e New Scientist (Reino Unido) noticiaram essa possibilidade, envolvendo Antinori, durante um congresso sobre o futuro da engenharia genética realizado no início do mês em Abu Dhabi.
 

 

Fonte: Lusa
 

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar