Três mil bombeiros sofrem de stress pós-traumático

Incêndios e acidentes rodoviários entre as causas da doença

16 novembro 2004
  |  Partilhar:

Cerca de três mil bombeiros portugueses, dos 35 mil existentes, sofrem de stress pós-traumático, indica um estudo de duas psicólogas da Escola Nacional de Bombeiros. Os profissionais sofrem do distúrbio devido sobretudo ao combate aos incêndios e aos acidentes rodoviários. As psicólogas detectaram em três mil profissionais sintomas característicos do stress pós-traumático: ingestão de bebidas alcoólicas, passividade e comunicação deficitárias em casa e fuga à abordagem de alguns assuntos. Uma das responsáveis pelo estudo, Fátima Fernandes, espera agora que, uma vez identificado, as autoridades procurem resolver o problema. «Ainda é prematuro para dizer o quê e como deve ser feito. Agora que realmente foi identificada uma problemática que se calhar estava adormecida ou as pessoas não estavam alertadas para esta questão, pelo menos esta questão está identificada e existe», explicou a especialista em declarações à rádio TSF. Fonte: Diário Digital

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.