Três médicas do Amadora-Sintra serão alvo de processo disciplinar

Investigação da IGS aponta para indícios de negligência

11 novembro 2004
  |  Partilhar:

 O Hospital Amadora-Sintra vai proceder disciplinarmente contra três médicas envolvidas na assistência à criança de 10 anos que, em Janeiro passado, morreu na unidade depois de uma operação às amígdalas. A investigação da IGS, concluída no final de Outubro, aponta para indícios de negligência na forma como a doente foi assistida no hospital. A criança, de dez anos, entrou no Amadora-Sintra no início de Janeiro deste ano para uma vulgar operação às amígdalas. Após a cirurgia ainda acordou, mas depois caiu em coma, tendo morte cerebral no dia seguinte. A investigação aponta para que a causa da morte tenha sido a administração de sódio hipertónico numa dose que lhe terá provocado lesões cerebrais, mas não conseguiu apurar o culpado por esse erro.A IGS conseguiu, no entanto, apurar que três das médicas que assistiram à criança não foram capazes de diagnosticar os sintomas, nem a encaminharam, a tempo, para o serviço de pediatria. O relatório chegou às mãos do ministro da Saúde e da administração privada do Amadora/Sintra na sexta-feira passada. As conclusões desta investigação, por poderem indiciar crime, foram também enviadas ao Departamento de Investigação e Acção Penal de Lisboa. Segundo a agência Lusa, a administração do hospital - o único do Serviço Nacional de Saúde gerido por um grupo privado, a José de Mello Saúde - está também a estudar a possibilidade de abrir um novo inquérito interno para apurar responsabilidades e pondera convidar um auditor externo para o realizar. O hospital já tinha realizado uma investigação ao acidente, logo após a morte da criança, mas os resultados foram inconclusivos porque a unidade de saúde não teve acesso ao relatório da autópsia, explicou à Lusa fonte ligada à administração. Fontes: Lusa e Público

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.