Três em cada quatro crianças com Hipertensão não têm a doença diagnosticada

Trabalho publicado no JAMA

22 agosto 2007
  |  Partilhar:

 

Três em cada quatro crianças com Hipertensão não têm a doença diagnosticada, revela um estudo norte-americano, alertando para o facto de a doença estar a crescer entre a população infantil, à medida que aumenta a Obesidade. O estudo foi publicado na última edição do “Journal of the American Medical Association” (JAMA).
 

 

O diagnóstico da Hipertensão nas crianças é complicado, porque os valores normais e anormais da pressão sanguínea variam com a idade, sexo e peso, de acordo com a informação do artigo.
 

 

Matthew L. Hansen, da Case Western Reserve University, de Cleveland, EUA, e colegas conduziram um estudo para determinar a frequência da Hipertensão não diagnosticada e da Pré-Hipertensão em crianças dos três aos 18 anos de idade.
 

 

O estudo abrangeu 14.187 crianças e adolescentes que foram observados pelo menos três vezes em clínicas pelos serviços de saúde norte-americanos entre Junho de 1999 e Setembro de 2006. Os investigadores descobriram que os critérios que estabeleceram para a Hipertensão foram encontrados em 507 das crianças estudadas (3,6%). De entre as crianças com Hipertensão, apenas 131 (26%) tinham um diagnóstico de Hipertensão ou pressão sanguínea elevada documentada nos registos médicos, ou seja 376 de 507 pacientes (74%) apresentavam Hipertensão não diagnosticada.
 

 

Os critérios para a Pré-Hipertensão foram encontrados em 485 crianças (3,4%), das quais apenas 55 (11%) tinham um diagnóstico de Hipertensão ou elevada pressão sanguínea documentada nos registos médicos.
 

 

Fontes: Público e Imprensa Internacional
 

ALERT Life Sciences Computing, S.A.

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.