Travar o cancro dos ovários

Cientistas descobrem gene que consegue parar a doença

24 junho 2003
  |  Partilhar:

Investigadores britânicos descobriram um gene que consegue travar o desenvolvimento do cancro dos ovários e que poderia ajudar na criação de remédios para combater a doença.
 

 

Em quase 90 por cento dos tumores submetidos a testes, o gene chamado OPCML não estava activo, disseram os cientistas do instituto Cancer Research UK. «Este é um avanço importante para compreendermos o cancro dos ovários e representa uma nova e importante peça para o quebra-cabeças da doença», afirmou Hani Gabra, que participou na pesquisa, realizada na sede do instituto, em Edimburgo (Escócia).
 

 

Segundo o cientista, os genes são desligados nos estágios iniciais da doença e não produzem mais proteínas. «Mas, quando ligamos esses genes novamente, as células do tumor são aglutinadas», acrescentou Gabra.
 

 

A equipa de cientistas acredita que um medicamento capaz de imitar os efeitos do OPCML poderia oferecer um novo tipo de tratamento para a doença.
 

 

O cancro dos ovários é um dos mais comuns entre as mulheres. A doença costuma ser fatal porque é geralmente descoberta apenas quando já está em estágios avançados.
 

Cerca de 190 mil novos casos da doença surgem a cada ano, período em que esse tipo de cancro mata 140 mil pessoas, afirma a Agência Internacional para a Pesquisa sobre o Cancro.
 

 

Os sintomas da doença -- dor, náuseas, perda de peso e inchaço abdominal -- podem confundi-se com outros problemas de saúde. A taxa de sobrevivência a esse cancro é de 20 por cento.
 

 

Para Gabra, a recente descoberta, relatada na revista «Nature Genetics», possibilitaria um diagnóstico precoce da doença e novos tratamentos. O cancro dos ovários é geralmente tratado com cirurgia e quimioterapia.
 

 

Traduzido e adaptado por:
 

Paula Pedro Martins
 

Jornalista
 

MNI-Médicos Na Internet
 

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.