Travar o cancro

Especialistas alertaram para perspectivas catastróficas: cerca de 10 milhões de doentes anuais a partir de 2020

27 junho 2001
  |  Partilhar:

Especialistas na luta contra o cancro alertaram os governantes mundiais da urgência de aumentar os esforços para travar o alastramento e vencer esta doença. Médicos e investigadores falaram numa conferência mundial subordinada ao tema do cancro, intitulada Third Global Conference for cancer Organizations, a decorrer em Brighton, Inglaterra. A conferência foi patrocinada pelo Imperial Cancer Research Fund , Britai's Cancer Research Campaign e a International Union Against Cancer.
 

 

Os números são assustadores. Prevê-se uma taxa de mortalidade anual relacionada com o cancro de 10 milhões a partir de 2020, isto é, ao equivalente à população de Portugal a morrer por ano.
 

 

Os investigadores estimam ainda que 70% dos casos nas próximas duas décadas irão ocorrer em países com menos de 5% dos recursos mundiais disponíveis na luta contra a doença.
 

 

Sir Paul Nurse, do Imperial Cancer Research Fund inglês, afirmou numa entrevista à Reuters que "há coisas que se podem fazer imediatamente e há coisas que podemos planear, a longo e curto prazo". Para isso ele apela aos governos para trabalhar em conjunto, de forma integrada, e só assim se poderá fazer algo.
 

 

Ele comparou o caso do cancro ao da SIDA. Se não se tomarem medidas já poderá acontecer o que se está a passar actualmente com o problema da SIDA: os países pobres não conseguem ter acesso às medicamentos novos contra a doença, cada vez mais caros.
 

 

A medida imediata a tomar é o controlo do consumo de tabaco, especialmente em países em via de desenvolvimento. Os especialistas aconselham a regulação das campanhas publicitárias, que consideram muito agressivas e poderosas, e a produção de campanhas educacionais para consciencializar contra o tabaco e de forma a reduzir o abuso deste.
 

 

Nurse e colegas pensam ser importante a criação de normas internacionais para um melhor rastreio e tratamento de cancro para que o procedimento seja mais rápido e eficaz.
 

 

Helder Cunha Pereira
 

MNI - Médicos Na Internet
 

 

Fonte: Reuters

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.