Travar a violência contra idosos

Instituto de Medicina Legal quer medidas viáveis

11 abril 2002
  |  Partilhar:

O presidente do Instituto Nacional de Medicina Legal (INML), Duarte Nuno Vieira, defende a rápida adopção de medidas que travem os maus tratos infligidos a idosos e critica a desvalorização social deste tipo de violência doméstica.
 

 

O responsável recorda que se fala muito da violência exercida sobre as crianças e as mulheres, e que se esquece os maus tratos infligidos aos idosos.
 

 

Em declarações à Lusa, o especialista defendeu uma "reflexão urgente sobre a prevalência de casos de idosos vítimas de violência e sobre as medidas preventivas a tomar".
 

 

Dados dos Estados Unidos, citados por Duarte Nuno Vieira, indicam que um em cada 25 idosos são vítimas de maus tratos, na maior parte dos casos infligidos pelos próprios filhos.
 

 

Desconhece-se quantos idosos portugueses vivem dramas semelhantes, pelo que Duarte Nuno Vieira defende um levantamento nacional desses casos que permita agir preventivamente com conhecimento da situação.
 

 

Fonte: Lusa
 

 

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar