Tratamentos de radioterapia encontram-se a longas distâncias

Estudo da Entidade Reguladora da Saúde

13 agosto 2012
  |  Partilhar:

Os tratamentos de radioterapia encontram-se pelo menos a 45 minutos de distância para três em cada dez residentes em Portugal Continental, dá conta um estudo da Entidade Reguladora da Saúde.
 

Segunda a Entidade Reguladora de Saúde (ERS), "uma parte significativa da população residente no Alentejo e no Centro está localizada a mais de 60 minutos de um estabelecimento prestador de cuidados de saúde com um serviço de radioterapia", sendo a realidade entre as diferentes administrações regionais de saúde "muito heterogénea".
 

A notícia avançada pela agência Lusa refere que o rácio mais elevado de médicos especialistas em radioterapia, por milhão de habitantes, mantém-se na Administração Regional de Saúde (ARS) de Lisboa e Vale do Tejo, com 11,9, seguido da ARS Norte (9,21), Centro (8,60), Alentejo (5,87) e Algarve, com 4,4 médicos especialistas a tempo inteiro e parcial por milhão de habitantes.
 

"No atual contexto económico, financeiro e social e, como visto, normativo, revela-se essencial que qualquer resposta às necessidades dos utentes não esqueça a capacidade do Serviço Nacional de Saúde (SNS) e a já instalada capacidade de resposta do setor privado", diz a ERS.
 

Assim, aponta o organismo, "a RRH [Rede de Referenciação Hospitalar] de Oncologia, que venha a ser implementada (...) por cada uma das ARS, ao abrigo das suas competências, deverá atender não só à capacidade de resposta e aos recursos disponíveis existentes no SNS, mas igualmente, ainda que a título complementar, à capacidade do setor privado já instalada".
 

A ERS revela ainda que os tempos máximos aceitáveis, tal como constantes do Manual de Boas Práticas de Radioterapia, publicado pela Direção Geral da Saúde, "são respeitados pela generalidade dos estabelecimentos na resposta aos utentes que aguardam tratamentos".
 

ALERT Life Sciences Computing, S.A.
 

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.