Tratamentos anti-colesterol sob alta vigilância
11 agosto 2001
  |  Partilhar:

O conjunto de tratamentos anti-colesterol, incluídos na família das estatinas, está sob rigorosa vigilância, depois das mortes associadas a um medicamento da Bayer, retirado quarta-feira do mercado.
 

 

A Agência Europeia do Medicamento (EMEA) confirmou na sexta-feira a instauração do vasto inquérito, que estarão disponíveis nos próximos meses.
 

 

Segundo a Agência Francesa de Segurança Sanitária dos Produtos de Saúde (AFSSAPS), a análise de dados vai continuar, quer em França quer no plano europeu.
 

 

No mundo, um último balanço revela 39 mortes ligadas às complicações musculares graves associadas ao anti-colesterol estatina da Bayer (Baycol/Lipoday).
 

 

Trita e uma destas mortes foram registadas nos Estados Unidos, onde os médicos prescrevem o dobro da dose máxima recomendada em França.
 

 

Lusa
 

 

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.