Tratamento neutraliza distrofia muscular

Estudo publicado na "Science"

21 julho 2009
  |  Partilhar:

Uma forma de bloquear a mutação genética causadora da forma mais comum de distrofia muscular, a distrofia miotónica, foi descoberta por cientistas americanos e publicada na revista “Science”.

 

A distrofia miotónica é uma doença que só nos EUA já afecta cerca de 40 mil indivíduos, sendo caracterizada por uma incapacidade de relaxamento muscular.

 

Para o estudo, os investigadores da University of Rochester, em Nova Iorque, EUA, utilizaram moléculas sintéticas que bloqueiam a actividade de genes específicos.

 

Ao injectarem estas moléculas sintéticas em ratinhos, os investigadores verificaram que elas neutralizavam a actividade do gene portador da mutação. Com esta neutralização, as proteínas responsáveis pela contracção muscular adquiriram a sua função normal, permitindo um relaxamento dos músculos. Desta forma, os ratinhos voltaram a utilizar os músculos afectados pela distrofia miotónica.

 

De acordo com os investigadores, liderados por Charles Thorton, estes resultados são muito promissores para a criação de novos tratamentos da doença nos humanos.

 

ALERT Life Sciences Computing, S.A.

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.