Tratamento de infeções fúngicas: Universidade do Porto recebe bolsa

Prémio do Grupo de Infeção e Sepsis

04 julho 2016
  |  Partilhar:

Um projeto da Faculdade de Medicina da Universidade do Porto (FMUP) que tem como objetivo criar novas formas de evolução no tratamento de infeções fúngicas recebeu uma bolsa de 10 mil euros.

 

O projeto "Resistência e promoção de virulência às equinocandinas – desvendar o seu bloqueio nas infeções fúngicas invasivas" foi premiado pelo Grupo de Infeção e Sepsis (GIS) do Hospital de São João, do Porto.

 

Segundo a notícia avançada pela agência Lusa, através desta bolsa, os investigadores vão aprofundar os mecanismos de resistência das equinocandinas, que "promovem a redução de um componente fundamental da parede fúngica, o glucano".

 

Sofia Costa de Oliveira, a investigadora principal do trabalho, refere que alguns fungos têm a capacidade de compensar essa diminuição produzindo mais quitina, o que torna o tratamento com equinocandinas ineficaz.

 

"Acreditamos que existe possibilidade de modular esse mecanismo de escape à ação do antifúngico, potenciando deste modo o seu efeito", referiu.

 

Sofia Costa de Oliveira referiu que, caso consigam descobrir "uma resposta positiva numa melhor utilização dos tratamentos já existentes na infeção fúngica", isso pode traduzir-se em "ganhos para o Serviço Nacional de Saúde, na medida em que não vão ter de investir em investigação de novas moléculas para tratamento destas doenças".

 

"Os resultados obtidos com este projeto vão fornecer dados valiosos que podem permitir o desenho de novas estratégias terapêuticas para ultrapassar a problemática da resistência ou tolerância às equinocandinas, pelos fungos patogénicos, com implicações na Saúde Pública, Biotecnologia e Agricultura", acrescentou.

 

ALERT Life Sciences Computing, S.A.

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.