Tratamento das dependências poderá estar mais perto

Estudo publicado na “Nature”

24 janeiro 2012
  |  Partilhar:

Investigadores americanos descobriram como os neurónios interagem no cérebro para reforçar os comportamentos que vão desde a aprendizagem à dependência de drogas. Estes resultados publicados recentemente na revista “Nature” poderão ajudar na formulação de novos tratamentos contra a dependência.

 

Neste estudo os investigadores da Harvard Medical School, nos EUA, centraram a sua atenção num processo cerebral conhecido por “erro de previsão da recompensa”, o qual é um componente chave da aprendizagem. Os cientistas acreditavam que este erro era o resultado da ativação dos neurónios produtores de dopamina em resposta a uma recompensa inesperada, reforçando assim o comportamento que iria levar a essa recompensa.

 

Contudo, o estudo liderado por Naoshige Uchida constatou que o “erro de previsão de recompensa” é na realidade o resultado de uma complexa interação entre dois tipos de neurónios, uns que dependem da dopamina e outro tipo de neurónios inibidores que utiliza o neurotransmissor GABA.

 

"Até o momento, ninguém sabia como os neurónios GABA estavam envolvidos no ciclo de recompensa. Acreditamos que os neurónios GABA estejam a inibir os neurónios dopaminérgicos, ajudando a fazer o cálculo do “erro de previsão da recompensa”, explicou Naoshige Uchida em comunicado de imprensa.

 

Segundo Uchida, estes resultados podem ajudar a explicar como os comportamentos podem ser reforçados, quer através da função cerebral normal, ou por danos na forma como os dois tipos de neurónios interagem. "O que acontece com os dependentes em substâncias químicas é que muitas drogas, como os opiáceos e os canabinóides, atacam os neurónios GABA. A hipótese que estamos a colocar é que a inibição dos neurónios GABA possa conduzir à perda do ciclo de feedback, de modo que os indivíduos dependentes continuem a receber sinais dos neurónios dopaminérgicos”.

 

Com base nestes resultados os investigadores acreditam que é possível desenvolver novas teorias e tratamentos para o tratamento da dependência.

 

ALERT Life Sciences Computing, S.A.

Partilhar:
Classificações: 1 Média: 5
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.