Transplante de córnea biossintética restaura parcialmente a visão

Estudo publicado na revista “Science Translational Medicine”

29 agosto 2010
  |  Partilhar:

Córneas biossintéticas feitas com colagénio (proteína humana) implantadas cirurgicamente permitiram restaurar parcialmente a visão de alguns doentes, segundo um pequeno ensaio clínico realizado na Suécia com dez pacientes.

 


A investigação, a cargo de uma dupla de cientistas suecos e canadianos e publicada na revista “Science Translational Medicine”, revela que as córneas criadas em laboratório podem incitar os nervos e tecidos oculares danificados a regenerarem-se, restaurando a visão no olho humano tal como fazem as córneas provenientes de dadores.

 


"Este estudo clínico é importante porque, pela primeira vez, mostra que uma córnea fabricada artificialmente pode integrar-se no olho humano e estimular a regeneração dos tecidos", afirmou o líder da investigação, May Griffith, do Instituto de Investigação do Hospital de Otava, no Canadá, citado pela agência Lusa.

 


O médico May Griffith colaborou com o cirurgião sueco Per Fagerholm, da Universidade de Linköping, na Suécia, onde se realizaram as intervenções cirúrgicas aos 10 pacientes. Durante dois anos após a cirurgia, os investigadores foram verificando que as células e os nervos de nove dos dez doentes voltaram a crescer, envolvendo o olho completamente.

 


Em geral, a visão melhorou em seis dos dez pacientes operados e, depois de lhes terem sido colocadas lentes de contacto, todos tiveram uma visão equivalente à esperada após um transplante convencional de córnea com tecido humano.

 


Para os cientistas, as córneas biossintéticas são uma esperança para os doentes que necessitam de transplantes de córnea mas que não conseguem dadores. Este tipo de implante também evita algumas desvantagens associadas ao tecido humano regular, como a possível transmissão de uma doença por parte do dador e a rejeição.

 


ALERT Life Sciences Computing, S.A.

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.