Transferência de crianças com acompanhamento remoto

Investigadores de Coimbra apresentam projecto-piloto

04 junho 2007
  |  Partilhar:

 

A Faculdade de Ciências e Tecnologia da Universidade de Coimbra (FCTUC) apresentou na semana passada o projecto-piloto, denominado "LifeStream", que está a ser desenvolvido em parceria com a PT Inovação, envolvendo também o Hospital Pediátrico de Coimbra, o Hospital de Santo André (Leiria) e a Philips Medical Division.
 

 

Os quatro investigadores do Departamento de Engenharia Informática da FCTUC tentam encontrar aplicações inovadoras que apoiem os médicos na altura de decidir a transferência e permitam depois o acompanhamento remoto dos doentes durante a viagem de ambulância entre hospitais.
 

 

Jorge Henriques, coordenador da equipa de investigadores, justificou a importância deste projecto com o facto de a transferência de doentes em estado critico ser "sempre uma operação muito delicada".
 

 

"Ao estar em contacto permanente com o hospital remoto, o médico especialista na ambulância pode analisar, de forma ininterrupta, os sinais vitais do doente à espera de transferência, controlar a evolução do seu estado, detectar alguma anomalia e tomar decisões clínicas, caso seja necessário", explicou.
 

 

Fonte: Lusa
 

MNI- Médicos Na Internet

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.