Trabalhar mais de 8 horas aumenta em 61 % os riscos para a saúde

Estudo publicado na revista Occupational and Environmental Medicine

07 outubro 2005
  |  Partilhar:

 

 

As actividades profissionais com horários de trabalho superiores a oito horas por dia implicam um risco acrescido de 61 por cento em prejuízos para a saúde dos trabalhadores, revela um estudo realizado nos Estados Unidos.
 

 

Publicado na edição on-line da revista internacional Occupational and Environmental Medicine, o estudo foi realizado por quatro investigadores norte-americanos da University of Massachusetts Medical School e do National Institute of Environmental Health Sciences (NIEHS).
 

 

O estudo analisou as respostas de 10.793 cidadãos norte-americanos sobre as suas condições de trabalho, entre 1987 e 2000, tendo registado nesse período 5.139 acidentes e episódios de doença relacionados com a actividade profissional. Quanto aos danos para a saúde dos trabalhadores, a maioria dos problemas registados relacionam-se com desordens músculo-esqueléticas (34,7 por cento), seguindo-se os cortes e contusões (25 por cento).
 

 

Fonte: Lusa
 

MNI-Médicos Na Internet
 

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.