Toxoplasmose pode estar ligada a esquizofrenia

Estudo do Imperial College de Londres

20 janeiro 2006
  |  Partilhar:

Cientistas britânicos descobriram uma relação entre o parasita da toxoplasmose, encontrado na carne crua e em fezes de gato, e o desenvolvimento da esquizofrenia, segundo um estudo publicado na revista “Proceedings of the Royal Society”. Especialistas do Imperial College de Londres constataram esse vínculo ao comprovar que fármacos contra a esquizofrenia são eficazes para combater o Toxoplasma Gondii em ratinhos de laboratório infectados. Os cientistas trataram os animais com antipsicóticos e estabilizadores de humor e comprovaram que são tanto ou mais eficazes que os normalmente receitados contra o parasita. Os medicamentos Haloperidol e ácido válproico conseguiram reduzir os efeitos do parasita no comportamento de ratinhos e também reduziram a sua "tendência felina suicida", que os leva a serem menos conscientes do perigo que os gatos representam. Os especialistas acham que isto demonstra que o parasita possa estar relacionado com o desenvolvimento de determinados tipos de esquizofrenia. "Embora em nenhum caso estejamos a dizer que a exposição ao parasita conduza directamente ao desenvolvimento de esquizofrenia, este estudo e outros prévios apontam para a existência de uma relação entre o parasita e alguns casos da doença", explicou a professora Joanne Webster. MNI-Médicos Na Internet

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.