Toxoplasmose aumenta probabilidade de conceber rapazes

Estudo publicado na revista Naturwissenschaften

15 outubro 2006
  |  Partilhar:

Mulheres infectadas com uma forma letárgica da Toxoplasmose têm uma maior probabilidade de dar à luz meninos, em comparação a mulheres com resultados negativos para o parasita, de acordo com um estudo publicado na revista Naturwissenschaften. Cientistas checos descobriram que a presença do parasita Toxoplasma gondii no sangue da mãe aumenta a probabilidade da mulher conceber um filho do sexo masculino. Para investigar os efeitos da Toxoplasmose latente no sexo de bebés, os cientistas analisaram 1.800 registos de nascimentos, entre 1996 e 2004, em maternidades particulares da República Checa, as quais usam exames de rotina para o Toxoplasmose. Os registos indicam a idade da mãe, a concentração dos anticorpos no sangue, partos e abortos anteriores, além do sexo do recém-nascido. Na média mundial, para cada três crianças nascidas, apenas uma é do sexo masculino. A equipa checa descobriu que as mulheres que acusam positivo no teste para o toxoplasma tendem a ter mais rapazes que raparigas, com a proporção a chegar a dois rapazes para cada três crianças nascidas, com o aumento do nível de anticorpo no sangue. De acordo com os cientistas, a maior sobrevivência de fetos do sexo masculino em mulheres infectadas pode ser explicada pelos efeitos do parasita no sistema imunitário. Os autores fazem a ressalva para o facto de serem necessários mais estudos que confirmem a relação de causa e efeito entre a infecção e o sexo da criança, nomeadamente investigações que envolvam manipulação - como a infecção deliberada de animais pelo toxoplasma. Este é o primeiro estudo a apontar a ligação entre uma infecção por parasita e o sexo de um bebé. A forma latente da doença não apresenta sintomas, mas geralmente caracteriza-se por uma infecção que perdura toda a vida, identificada pela presença de anticorpos para o Toxoplasma no sangue. MNI-Médicos Na Internet

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.