Toxicodependência: Mais de um milhão de europeus recebeu tratamento

Relatório sobre “Evolução do Fenómeno da Droga na Europa”

18 novembro 2011
  |  Partilhar:

Mais de um milhão de europeus recebeu em 2009 tratamento por problemas de consumo de drogas ilícitas na União Europeia (UE), Croácia, Turquia e Noruega, estima o relatório do Observatório Europeu da Droga.


De acordo com os dados do relatório sobre “Evolução do Fenómeno da Droga na Europa”, em todos estes países estão disponíveis tratamentos livres de drogas ou com drogas de substituição para os consumidores de opiáceos.


Por outro lado, o documento do Observatório Europeu da Droga e da Toxicodependência (OEDT), citado pela agência Lusa, revela que cinco estados-membros da União Europeia – Dinamarca, Alemanha, Espanha, Holanda e Reino Unido – oferecem tratamento assistido com heroína “para um pequeno número de consumidores crónicos (…) que não reagiram” a outras abordagens.


De acordo com os dados do relatório, em 2009 cerca de 700 mil consumidores de opiáceos receberam tratamento na Europa, mais 50 mil do que em 2007. O OEDT estima ainda que cerca de 1,3 milhões de “consumidores problemáticos” de droga existentes na Europa tenham acesso a tratamento de substituição, “um nível comparável aos registados na Austrália e nos Estados Unidos”.

 

Ainda de acordo com o documento, as overdoses mataram uma pessoa por hora nos últimos 20 anos. Além da heroína, as substâncias mais frequentemente referidas são o álcool, as benzodiapezinas, outros opiáceos e, nalguns países, a cocaína. Ainda de acordo com o relatório, os homens (81%) são os mais atingidos pelas mortes por overdose.


ALERT Life Sciences Computing, S.A.

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.