Toxicodependência e HIV

Portugal no topo da lista da União Europeia

22 outubro 2003
  |  Partilhar:

Portugal continua a ser o segundo país da União Europeia (UE) com maior número de casos de HIV entre os Consumidores de Droga Injectável (CDI), a seguir à Espanha, revelou esta quarta- feira a agência europeia da droga (OEDT).Portugal mantém, também, uma elevada incidência da Sida neste grupo específico, adianta o relatório anual do Observatório Europeu da Droga e da Toxicodependência (OEDT), «A evolução do fenómeno da droga na União Europeia e na Noruega», apresentado em Estrasburgo.No seu relatório de 2003, a agência europeia da droga, sedeada em Lisboa, sublinha que a prevalência da infecção por HIV entre os CDI é consideravelmente diferente de país para país, indo de cerca de 1,0% no Reino Unido a mais de 30% em Espanha.De acordo com o OEDT, os dados fornecidos pelos países sobre a prevalência de infecção por HIV, «embora se apresentem estáveis, escondem alterações consideráveis a nível local e entre determinados grupos, tendo nos últimos anos sido comunicadas subidas do HIV entre os CDI em algumas regiões e certas cidades de Espanha, Irlanda, Itália, Países Baixos, Áustria, Portugal, Finlândia e Reino Unido».O OEDT diz que «em Portugal, os dados mais recentes mostram que a incidência de Sida entre os CDI tem vindo a diminuir desde 1999, o que pode indicar um aumento das admissões a tratamento por HIV, em linha com os relatório do sistema de tratamento da toxicodependência».Fonte: Lusa

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.