Todas as cadeias vão ter enfermeiros três horas e meia por dia

Informação dos Serviços Prisionais

10 março 2009
  |  Partilhar:

Todas as cadeias portuguesas vão ter, a curto prazo, um serviço de enfermagem diária de três horas e meia, estando a decorrer um concurso público internacional, disse à agência Lusa a directora-geral dos Serviços Prisionais (DGSP).

 

Clara Albino explicou que o objectivo é "harmonizar e garantir aos detidos os mínimos de condições em todas as cadeias, com assistência por parte de médicos e pessoal de enfermagem".

 

"Queremos que esta prestação de serviços nos garanta, no mínimo, três horas e meia de serviços de enfermagem diária, que permitam uma triagem mínima em todos os estabelecimentos e acessíveis a todos os detidos", afirmou.

 

A responsável pelos Serviços Prisionais admitiu ainda existirem cadeias em que a resposta em termos de cuidados de saúde "é diminuta" e outras em que a distribuição de medicação e feita por guardas prisionais.

 

ALERT Life Sciences Computing, S.A.

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.