Tinta para cabelos pode provocar cancro

Investigação traz dados preocupantes

27 janeiro 2004
  |  Partilhar:

 Investigadores detectaram uma possível ligação entre o uso, durante um longo período, de tinta escura nos cabelos e o linfoma cancerígeno não-hodjkiniano, segundo um estudo publicado pelo Jornal Norte-Americano de Epidemiologia. Este estudo, realizado em 1.300 mulheres no Estado de Connecticut, mostra que aquelas que começaram a pintar o cabelo antes de 1980 têm mais 40 por cento de hipóteses de desenvolver aquela forma de cancro. As que utilizaram tintas permanentes e de cor escura, de modo frequente, durante pelo menos 25 anos, têm o dobro das hipóteses de ter um linfoma. Pelo contrário, "o risco não aumentou nas mulheres que pintaram os cabelos com tintas não-permanentes de corclara», sublinhou. Os investigadores não constataram o aumento do risco entre as mulheres que começaram a pintar o cabelo depois de 1980. Este estudo não estabelece uma relação clínica e outros trabalhos realizados nos últimos anos chegaram a resultados contraditórios.Fonte: Jornal de Notícias

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.