Testosterona reage a conversas com mulheres

Hormonas masculinas disparam ao menor estímulo

06 novembro 2003
  |  Partilhar:

Uma conversa normal com uma mulher pode fazer disparar as hormonas masculinas.   Um estudo realizado por investigadores da Universidade de Chicago, EUA,  indica que mesmo a conversa mais inocente com uma mulher é capaz de activar as hormonas os masculinos.Para chegar a estas conclusões, já presentes no universo do senso comum, os cientistas pagaram a estudantes para que fossem ao laboratório da faculdade com o pretexto de medir os elementos químicos das suas salivas. Na sala, os estudantes conversaram com uma jovem auxiliar da investigação. Os testes de saliva mostraram que mesmo uma rápida interacção foi suficiente para aumentar os níveis de testosterona nos homens em até 30 por cento. Este aumento do nível hormonal foi proporcional à medida que os jovens se disseram atraídos pela mulher. Os que depois disseram terem-se sentido mais atraídos foram os que tiveram as maiores mudanças hormonais. A própria auxiliar conseguiu descobrir os mais interessados. O que ela apontou como tendo feito mais esforço para chamar a sua atenção foi o que teve um salto maior dos níveis de testosterona. Por outro lado, não foi registada mudança nenhuma nos níveis hormonais dos estudantes que foram à sala e foram recebidos por um homem. Há muito tempo que se sabe que a testosterona está relacionada com a libido masculina, mas os investigadores disseram que pela primeira vez conseguiram uma prova desta ligação. É também conhecido que a libertação de testosterona nos animais dispara um comportamento agressivo ou galanteador. A equipa de Chicago acredita que o mesmo possa acontecer com os homens. James Roney, o líder da investigação, explicou à BBC que a libertação da hormona pode ter sido causada por uma situação de stress, mas, mesmo assim, aposta na ligação à presença feminina. « Os resultados são consistentes para detectar mecanismos cerebrais especializados na regulação do comportamento do galanteio.  Quando encontraram possíveis parceiras, o comportamento e a resposta hormonal foram coerentes», justifica o cientista. Os níveis de testosterona atingem o auge nos jovens de pouco mais de 20 anos para diminuírem gradualmente a partir dessa idade. Os homens casados ou que vivem relacionamentos longos têm níveis da hormona mais baixos que os que ainda estão solteiros ou sem namorada.Traduzido e adaptado por:Paula Pedro MartinsJornalistaMNI-Médicos Na Internet 

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.