Testículos poderão ser fonte futura de células-estaminais

Notícia avançada pelo The Guardian

10 junho 2006
  |  Partilhar:

 

Uma equipa de cientistas do Reino Unido recebeu luz verde das autoridades para investigar a possibilidade de usar células estaminais extraídas dos testículos, com o objectivo de reparar tecidos e órgãos danificados, noticiou o jornal The Guardian.
 

 

Estes investigadores do Hammersmith Hospital, de Londres, chefiados por Robert Winston, irão assim determinar se as células testiculares são tão versáteis como as células estaminais embrionárias, que podem converter-se em qualquer tipo de tecido do corpo.
 

Os cientistas estimam que cerca de 0,3% do tecido dos testículos é constituído por células estaminais, uma das percentagens mais altas no corpo humano.
 

 

A autorização do Organismo de Fecundação Humana e Embriologia do Reino Unido permitirá a cultura de células de origem testicular juntamente com células embrionárias para determinar se o seu desenvolvimento é semelhante e se têm o mesmo potencial médico. O passo seguinte seria usar as células testiculares para formar outros tipos de tecidos, como o cerebral ou o cardíaco, segundo o mesmo diário britânico.
 

 

Fontes: Lusa e The Guardian
 

MNI- Médicos na Internet
 

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.