Testes podem prever risco de doença de Alzheimer 18 anos antes

Estudo publicado na revista “Neurology”

30 junho 2015
  |  Partilhar:

Investigadores americanos sugerem que os erros cometidos nos testes de memória e raciocínio podem ajudar a prever a doença de Alzheimer 18 anos antes de esta ser diagnosticada, dá conta um estudo publicado na revista “Neurology”.


“As alterações no raciocínio e memória que precedem os sintomas óbvios da doença de Alzheimer ocorrem décadas antes de estes terem início. Apesar de atualmente não detetarmos essas alterações em indivíduos de risco, somos capazes de observá-las nos indivíduos que eventualmente desenvolvem demência devido ao Alzheimer”, revelou, em comunicado de imprensa, um dos autores do estudo, Kumar B. Rajan.


Para o estudo, os investigadores do Centro Médico da Universidade de Rush, nos EUA, contaram com a participação de 2.125 afro-americanos e euro-americanos com uma média de 73 anos de idade que não sofriam de doença de Alzheimer. Os participantes foram submetidos a testes de memória e raciocínio a cada três anos, ao longo de 18 anos.


O estudo apurou que 23% dos afro-americanos e 17% dos euro-americanos desenvolveram doença de Alzheimer durante o estudo. Aqueles que obtiveram resultados mais baixos nos testes de memória e raciocínio apresentaram um risco aumentado de desenvolver a doença.


Os investigadores constataram que ao longo do primeiro ano do estudo, os indivíduos com os resultados mais baixos nos testes tinham um risco 10 vezes maior de serem diagnosticados com doença de Alzheimer.


Com base nos testes realizados 13 a 18 anos antes da avaliação final, constatou-se que cada ponto abaixo do resultado obtido no teste cognitivo padrão estava associado a um risco 85% maior de desenvolvimento de demência futura.


“Um conceito geral vigente é que no desenvolvimento da doença de Alzheimer certas mudanças físicas e biológicas precedem os problemas de memória e raciocínio. Se isto realmente acontece, então esses processos subjacentes podem ter uma longa duração. Os esforços para prevenir a doença com sucesso requerem uma melhor compreensão destes processos perto da meia-idade", disse Rajan.


ALERT Life Sciences Computing, S.A.

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.