Teste de sangue poderá permiter diagnosticar doentes esquizofrénicos

Diagnóstico precoce possível?

16 janeiro 2001
  |  Partilhar:

Investigadores israelitas propõem um simples teste ao sangue para diagnosticar a esquizofrenia.
 

 

A esquizofrenia é uma doença psiquiátrica, que afecta tanto homens como mulheres, e caracteriza-se por uma alteração da percepção, da organização e conteúdo do pensamento, da linguagem, desordens profundas da afectividade, da vontade e do comportamento social.
 

 

Ciêntistas do Instituto de Ciências Weizmann de Israel, dirigidos por Sara Funch, demonstrou que em doentes esquizofrénicos há uma hiperactividade de um mensageiro neuronal – Dopamnina – devido a um excesso dos seus receptores na superfície celular.
 

 

O estudo envolveu 14 pessoas com esquizofrenia e 11 indivíduos saudáveis. Foram comparados os glóbulos brancos dos 2 grupos em estudo, e descobriu-se que, em média o número de receptores da dopamina (nomeadamente o receptor D3) era 3,6 vezes superior no grupo doente.
 

 

Este estudo poderá revolucionar o diagnóstico desta doença permitindo que pessoas susceptíveis, possam receber tratamento precocemente, embora este aspecto possa ainda criar muita polémica entre a comunidade médica internacional.
 

 

Actualmente o diagnóstico da esquizofrenia é realizado através de testes psiquiátricos e de comportamento.
 

 

Fonte : Reuters
 

Adaptado por David Ferreira
 

MNI – Médicos na Internet

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.