Teste à urina pode prever reacção à medicação

Estudo publicado no PNAS

21 outubro 2010
  |  Partilhar:

Através da análise dos níveis de metabólitos (produtos do metabolismo) na urina é possível prever a resposta de cada paciente a determinado fármaco, sugere um estudo do Imperial College of London, do Reino Unido, publicado na revista “Proceedings of National Academy of Sciences” (PNAS).

 

Os perfis metabólicos reflectem complexas interacções genéticas, ambientais e actividades das bactérias intestinais, tudo factores que podem influenciar o metabolismo e a toxidade dos fármacos.

 

O novo estudo analisou 99 voluntários saudáveis do sexo masculino, com idade entre 18 e 64 anos, aos quais foi administrado uma dose do analgésico paracetamol. Antes da toma do fármaco e passadas seis horas, foram recolhidas amostras de urina dos voluntários. No processo laboratorial foram analisados os metabólitos usando Ressonância Magnética Nuclear.

 

Os resultados revelaram que um composto denominado sulfato de para-cresol, que é derivado do para-cresol produzido pelas bactérias intestinais, foi um indicador de como o paracetamol era metabolizado. Os que aprestaram níveis mais elevados de sulfato de para-cresol metabolizaram o fármaco de uma forma diferente dos que tinham os níveis mais baixos.

 

Segundo os investigadores, isto acontece porque o corpo utiliza compostos com enxofre para processar eficazmente os fármacos e o para-cresol pode esgotar os compostos de enxofre no organismo. Em comunicado enviado à imprensa, os cientistas, liderados por Jeremy Nicholson, referem que este tipo de "perfil metabólico" poderá tornar-se numa ferramenta importante para prever a reacção das pessoas à medicação, permitindo que os fármacos em desenvolvimento possam corresponder às necessidades do tratamento de cada pessoa (medicação personalizada), assim como evitar efeitos secundários.

 

ALERT Life Sciences Computing, S.A.

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.