Testada vacina contra Cancro do Cólon

Estudo da Universidade de Pittsburgh

31 março 2009
  |  Partilhar:

Investigadores da Universidade de Pittsburgh, nos EUA, estão a efectuar testes de uma vacina destinada a prevenir o cancro do cólon em pessoas que se considera terem um alto risco de desenvolvimento da doença.

 

Normalmente, o cancro do cólon tem início com um crescimento anormal, no tracto intestinal, de pólipos que podem tornar-se cancerosos, e que são chamados de adenomas.

 

Os adenomas produzem em excesso a proteína MUC1.

 

Deste modo, os cientistas, liderados por Robert Schoen, esperam que a vacina estimule uma resposta imunitária contra a proteína nos pólipos, conduzindo à destruição das células anormais pré-cancerosas. “Isso pode não apenas prevenir a progressão do cancro, mas também a recorrência do pólipo”, afirmou ao sítio UPI o líder do estudo.

 

De acordo com o investigador, muitas pessoas já receberam a vacina experimental. Agora, os cientistas pretendem realizar um teste com 50 participantes, com idades entre os 40 e 70 anos, e com histórico de adenomas de um centímetro ou mais de tamanho.

 

Após a dose inicial, os pacientes irão receber doses de reforço, entre duas e dez semanas após a primeira aplicação da vacina. As respostas imunitárias serão medidas em diversos períodos, através de análises ao sangue.

 

ALERT Life Sciences Computing, S.A.

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.