Testada com sucesso vacina contra o cancro do colo do útero

Doença mata 500 mil mulheres por ano

05 novembro 2004
  |  Partilhar:

Investigadores norte-americanos desenvolveram uma vacina que poderá proteger as mulheres de um vírus que desencadeia a maioria dos casos de cancro do colo do útero.Resultados de testes clínicos divulgados numa conferência da Sociedade de Microbiologia dos Estados Unidos, em Washington, indicam que a vacina protegeu durante três anos um grupo de mulheres das alterações que se manifestam antes da doença.A vacina, elaborada pelo laboratório Merck and Co., tem como objectivo central impedir a infecção da estirpe chamada «papiloma humano» (HPV), que causa verrugas genitais e cerca de 50 por cento dos cancros do colo do útero.Nos testes clínicos, a vacina foi aplicada a 775 mulheres, das quais só sete desenvolveram a infecção nos últimos meses do estudo, que se prolongou por três anos. Num número semelhante de mulheres inoculadas com uma substância inócua, 111 ficaram infectadas.«Esta é uma notícia muito importante para todas as mulheres no mundo», afirmou Scott Hammer, professor da Universidade de Columbia que organizou a conferência.A Merck planeia pedir em 2005 a luz verde da agência federal norte-americana encarregada do controlo dos produtos alimentares e farmacêuticos (FDA). Também o laboratório britânico Glaxo-Smith Kline está a trabalhar numa vacina anti-HPV que espera ver aprovada pela FDA e as autoridades britânicas logo que possível.Nas mulheres, o cancro do colo do útero é o segundo em ordem de importância depois do cancro da mama. Atinge anualmente 500 mil mulheres em todo o mundo, causando a morte a metade delas.Fonte: Lusa

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.