Terceira morte de paciente com coração artificial
14 dezembro 2001
  |  Partilhar:

A empresa que fabrica o coração artificial anunciou ontem a terceira morte de um paciente que recebeu o implante, 56 dias depois da cirurgia.
 

 

O doente, um homem de 74 anos que nunca foi identificado, morreu no Centro Médico da Universidade da Califórnia, em Los Angeles (EUA), devido a complicações resultantes da falência múltipla dos órgãos.
 

 

Das seis pessoas que receberam o coração artificial feito de plástico e titânio, três permanecem vivas depois de 91, 77 e 37 dias, respectivamente.
 

 

A primeira pessoa a receber o implante, Robert Tools, morreu no dia 30 de Novembro de hemorragia abdominal 151 dias após a cirurgia. O sexto não sobreviveu à cirurgia por causa da incapacidade de coagulação do sangue.
 

 

O critério de escolha dos pacientes para este intervenção pede que os candidatos apresentem falência de coração biventricular, que não haja tratamentos viáveis e alta probabilidade de morte em 30 dias.
 

 

MNI - Médicos Na Internet
 

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.