Terapia genética pode tratar problemas circulatórios

Estudo da Universidade de Muenster

06 abril 2006
  |  Partilhar:

 

Os problemas de circulação agudos causados pela diabetes ou pelo tabaco podem ser tratados por terapia genética, indica um estudo divulgado pela Universidade de Muenster, na Alemanha.
 

 

Os resultados – obtidos num grupo de 107 pacientes, todos em estado muito avançado destas perturbações circulatórias – foram positivos e fazem esperar uma redução do número de amputações devidas a estes problemas de saúde, afirmou Sigrid Nikol, autor das investigações.
 

 

O tratamento, administrado por injecção, introduz um gene nos músculos da perna, acima e abaixo do joelho. Este desencadeia a produção de novos vasos sanguíneos que melhoram a circulação do sangue.
 

 

No final do ano terá início um novo estudo mundial, sob a égide do laboratório Sanofi-Aventis que está na origem do projecto. A data e o lançamento no mercado do tratamento "depende de imensos factores. Só podemos especular", referiu Sigrid Nikol, estimando, no entanto, que o tratamento poderá ser comercializado até 2010.
 

 

Fonte: Lusa
 

MNI- Médicos na Internet
 

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.