Terapia genética envolvida no tratamento da obesidade

Estudo publicado na “Nature Medicine”

18 março 2009
  |  Partilhar:

Investigadores da Ohio State University Medical Center, nos EUA, estão a estudar um tratamento para a obesidade que envolve a injecção de um gene directamente num dos centros do cérebro responsável pela alimentação e controlo de peso.

 

Os autores deste estudo, publicado recentemente na revista “Nature Medicine”, descobriram que o gene BFNF, quando activo no hipotálamo, poderá causar um aumento da sensibilidade da insulina, uma redução da massa gorda e perda de peso.

 

Lei Cao, líder da investigação, e os seus colaboradores injectaram o gene BFNF em ratinhos diabéticos, em ratinhos alimentados com uma dieta rica em gorduras e em ratinhos controlo, de forma a perceber como a transferência do gene afectaria o seu peso.

 

Os cientistas verificaram que o gene estava activo em ratinhos com excesso de peso. Contudo, à medida que estes iam perdendo peso, registou-se uma diminuição da expressão do gene, o que impediu uma perda de peso contínua e permitiu atingir uma meta de peso estável.

 

De acordo com declarações de Matthey During, responsável pela investigação, ao sítio EurekAlert, os resultados deste estudo, “representam um tratamento novo e prometedor para a obesidade, fornecendo uma alternativa mais segura e eficaz a algumas terapias convencionais”.

 

ALERT Life Sciences Computing, S.A.
 

 

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.