Terapia fotodinâmica combate cancro da pele

Novo tratamento chega a Portugal

17 junho 2005
  |  Partilhar:

 

 

 

Está disponível no mercado português um novo tratamento que revoluciona o combate ao cancro da pele, para doentes de qualquer faixa etária, denominado de terapia Fotodinâmica. Este procedimento médico minimiza a destruição dos tecidos saudáveis, e ao aplicar-se sobre a epiderme, não tem efeitos secundários significativos.
 

 

A TFD é um procedimento que consiste na preparação inicial da lesão por simples curetagem seguida da aplicação de um produto tópico, o aminolevulinato de metilo (ALM), um creme fotosensibilizante altamente selectivo. Decorridas três horas dessa aplicação, a área da lesão é exposta a luz vermelha, sendo eliminadas as células doentes nesse processo.
 

 

Utilizada essencialmente em carcinomas basocelulares superficiais e nodulares e em lesões queratoses actínicas, lesões pré-cancerigenas, a TFD torna-se cada vez mais uma ferramenta útil no tratamento do Cancro Cutâneo. O carcinoma basocelular é o cancro cutâneo de tipo não melanocítico mais frequente, podendo surgir em várias formas.
 

 

Estima-se que anualmente surjam globalmente entre dois a três milhões de novos casos de cancro de pele do tipo não melanoma.
 

 

O cancro da pele é o tipo de cancro mais frequente nos indivíduos de raça branca (caucasiana). A sua incidência tem vindo a aumentar progressivamente desde meados dos anos 60. A exposição excessiva ao sol é considerada a causa mais frequente de cancro da pele (cerca de 90% dos casos). Este tipo de cancro tem elevadas taxas de cura quando diagnosticado e tratado nas fases iniciais.
 

 

MNI- Médicos na Internet
 

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.