Terapia de substituição hormonal pode prejudicar a audição

Estudo publicado na Proceedings

18 setembro 2006
  |  Partilhar:

 

Mulheres menopaúsicas, submetidas a Terapia de substituição hormonal (TSH), podem sofrer danos na audição, de acordo com os resultados de uma investigação publicada na revista científica Proceedings of the National Academy of Sciences.
 

 

Um estudo elaborado por investigadores do University of Rochester Medical Center, Nova Iorque, EUA, junto de 124 mulheres menopaúsicas descobriu que as que fazem TSH, incluindo progestina (uma progesterona sintética), tinham mais dificuldades de audição do que mulheres que não faziam a terapia ou tomavam apenas estrogénio.
 

 

A equipa liderada pelo médico Robert D. Frisina tinha, inicialmente, informado sinais de problemas auditivos em pacientes submetidas a TSH e neste novo estudo aponta a progestina como a principal suspeita.
 

Os resultados da pesquisa indicam que os problemas no ouvido interno e em algumas medidas de função cerebral que afectam a audição das mulheres estão relacionados com o uso da TSH com progestina.
 

 

Muitas pílulas anticoncepcionais também contêm progestina, mas o médico disse desconhecer estudos que determinem se também têm algum efeito na audição das mulheres. O assunto "deveria ser estudado", sugere o líder da investigação.
 

 

MNI-Médicos Na Internet
 

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.