Terapia combinada reduz Cancro da Mama em ratinhos

Estudo publicado no PNAS

05 fevereiro 2007
  |  Partilhar:

 

Um medicamento anticanceroso associado a uma substância que neutraliza uma hormona reduziu muito claramente o Cancro da Mama em ratinhos e chegou a suprimi-lo nalguns casos, segundo um estudo publicado na revista “Proceedings of the National Academy of Sciences”.
 

 

Os autores do trabalho, entre os quais o Nobel da Medicina (1977) Andrew Schally, professor de Patologia e Oncologia da da University of Miami Miller School of Medicine, desenvolveram uma substância, denominada JMR-132, que neutraliza a hormona de crescimento celular GHRH (esta hormona desempenha aparentemente um papel-chave no crescimento dos tumores).
 

 

Utilizada individualmente, a JMR-132 permitiu reduzir 63% em média o volume dos Cancros da Mama nos ratinhos do estudo após três semanas, enquanto o fármaco docetaxel causou uma diminuição média de 74% durante o mesmo período.
 

 

No entanto, o cocktail JMR-132/docetaxel provocou uma redução média de 97% do tumor em três semanas, precisam os investigadores. O tumor desapareceu mesmo totalmente em alguns dos ratinhos tratados com o cocktail.
 

 

A combinação JMR-132/docetaxel, que não teve efeitos tóxicos nem provocou efeitos secundários graves, poderá constituir um tratamento encorajador contra o cancro nos seres humanos, segundo os investigadores.
 

 

O docetaxel, vendido em Portugal pelo Laboratório Aventis Pharma S.A desde 1995 é usado no tratamento de vários cancros, nomeadamente o da mama, o gástrico, o do pulmão e o da próstata. A sua acção centra-se no bloqueio da divisão celular.
 

 

Fontes: Lusa e Imprensa Internacional
 

MNI- Médicos Na Internet
 

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.