Temperaturas baixas e riscos para a saúde

Aviso da DGS

08 janeiro 2009
  |  Partilhar:

Os idosos, as crianças e os doentes crónicos são as pessoas mais vulneráveis ao frio e devem, por isso, proteger-se das baixas temperaturas previstas para esta semana em Portugal, avisa a Direcção-Geral de Saúde (DGS) em comunicado divulgado no seu sítio oficial.
 

 

Segundo o Instituto de Meteorologia, são esperadas temperaturas baixas até ao próximo fim-de-semana. Em Lisboa, as temperaturas mínimas podem descer para os 2 graus centígrados negativos na quinta e na sexta-feira, segundo as expectativas dos meteorologistas com base na previsão elaborada por modelos numéricos.
 

 

Por isso, a DGS redobra os avisos aos grupos mais vulneráveis ao frio: os bebés e as crianças, dado não terem “grande percepção das alterações de temperatura”.
 

 

Estão também particularmente em risco as pessoas que:
 

- Têm doenças crónicas, em especial cardíacas, vasculares, respiratórias, reumáticas, diabetes e doenças da tiróide;
 

- Têm perturbações da memória, problemas de saúde mental, alcoolismo, ou demência;
 

- Tomam certos medicamentos como psicotrópicos ou anti-inflamatórios;
 

- Têm redução da mobilidade;
 

- Têm dificuldades na realização das actividades da vida diária;
 

- Estão mais isoladas;
 

- Estão em situação de exclusão social.
 

 

Mais informações em: www.dgs.pt
 

 

ALERT Life Sciences Computing, S.A.

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.