Telemóvel ao volante é mais perigoso que guiar alcoolizado
24 março 2002
  |  Partilhar:

Telefonar a conduzir é mais perigoso do que estar
 

embriagado atrás do volante, indica um estudo britânico realizado por cientistas do Laboratório de Investigação dos Transportes (LIT).
 

 

Segundo os resultados obtidos, a condução é mais afectada
 

pela utilização do telemóvel do que pelo álcool ingerido pelo condutor, mesmo quando este bebe mais do que os limites legais.
 

 

Os resultados demonstraram que a reacção dos condutores é,
 

em média, 30% mais lenta quando se utiliza um telemóvel sem
 

auricular do que quando se conduz num estado alcoolizado.
 

 

Além disso, falar ao telemóvel enquanto se conduz diminui
 

em quase 50% o tempo de reacção face a condições normais de
 

condução.
 

 

Fonte: Lusa
 

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.