Telemóveis: Direcção Geral de Saúde recomenda uso de kit mãos livres
15 janeiro 2005
  |  Partilhar:

 

A Direcção Geral de Saúde (DGS) recomenda o uso de sistemas kit mãos livres, ou a redução da duração de chamadas de telemóvel, para diminuir a exposição às radiações emitidas por estes aparelhos.
 

 

A recomendação é feita numa circular informativa datada de 27 de Dezembro de 2004 sobre «Sistemas de Comunicações Móveis e Efeitos na Saúde Humana», na qual a DGS aborda a preocupação das populações sobre a exposição às radiações dos telemóveis.
 

 

No caso das crianças, a DGS faz um alerta especial aos pais para ponderarem sobre os potenciais riscos inerentes à intensa utilização dos telemóveis. «Tem sido sugerido que a absorção da radiação é superior» nas crianças porque a cabeça é mais pequena e a radiação penetra mais facilmente numa caixa craniana mais fina.
 

 

Faz ainda uma recomendação particular às pessoas com implantes electrónicos (pacemakers, bombas de insulina, neuroestimuladores, entre outros) para transportarem o telemóvel afastado pelo menos 15 centímetros do seu implante e o utilizem na orelha do lado oposto quando efectuarem uma chamada.
 

 

Por outro lado, rejeita a utilização de sistemas de protecção anti-radiação, nomeadamente capas especiais, cuja eficácia «não foi comprovada, de forma alguma, até ao presente».
 

 

Face à falta de provas científicas cabais sobre os efeitos das radiações na saúde humana, e como os telemóveis constituem «uma fonte de radiações importante» para o cérebro dos utilizadores, por se encontrar junto à cabeça durante a chamada telefónica, a entidade recomenda uma atitude preventiva.
 

 

Fonte: Lusa
 

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.