Telemedicina foi um "falhanço" em Portugal

Declarações do ministro da Saúde

07 janeiro 2006
  |  Partilhar:

 

 

O ministro da Saúde, António Correia de Campos, admitiu recentemente que a telemedicina foi um "falhanço" em Portugal, apesar de "funcionar e muito bem" em alguns sítios. António Correia de Campos defendeu, por isso, que este projecto continue, até pela sua importância em três vertentes: aumento da humanização, ampliação do conceito de proximidade e divulgação do conhecimento da modernidade e novas tecnologias. Também Pedro Silva Pereira defendeu a continuidade da iniciativa que, garantiu, é apoiada pelo Governo.  

 

António Correia de Campos falava durante o lançamento do projecto "Um sorriso com as TIC" (Tecnologias de Informação e Comunicação) no Hospital Dona Estefânia, em Lisboa.  

 

Fonte: Lusa  

MNI-Médicos Na Internet  

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.