Tecnologia eficaz para estudar proteínas

Novo equipamento vai permitir tratar doenças

20 outubro 2004
  |  Partilhar:

Investigadores da Universidade de Gant, oeste da Bélgica, desenvolveram uma nova tecnologia que permite detectar erros na actividade de determinadas proteínas responsáveis por muitas doenças, como o cancro e a miopatia.A nova tecnologia, que será comercializada pela empresa de base tecnológica Peakadilly, permite relacionar proteínas com certas doenças, localizá-las mais rapidamente e ajustar as terapias ao paciente, refere a agência belga.Com esta técnica, será possível determinar melhor a eficácia dos medicamentos nas pessoas. Segundo um porta-voz do Instituto Interuniversitário de Biotecnologia (VIB), co-fundador da empresa, «não existia até agora nenhuma maneira eficaz de estudar as proteínas».A Peakadilly, financiada pela VIB e três empresas farmacêuticas, irá, numa primeira fase, centrar a sua estratégia no combate ao cancro. As proteínas são os elementos essenciais das células do corpo humano, tendo por funções a digestão e a comunicação intercelular.Fonte: Lusa

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.