Técnica inovadora vai ajudar na reabilitação de problemas da fala

Estudo da Universidade do Porto arrecada “Best Paper Award”

20 fevereiro 2009
  |  Partilhar:

Um estudo pioneiro da Universidade do Porto sobre a morfologia do tracto vocal na produção de sons, através da utilização inovadora de imagens de ressonância magnética, recebeu o “Best Paper Award”.
 

 

O prémio, entregue na International Conference on Imaging Theory and Applications, que decorreu em Lisboa, distingue a investigação, que foi iniciada em 2004.
 

 

O estudo, realizado por Sandra Ventura, Diamantino Freitas e João Manuel Tavares, assume particular importância, dado que possibilita a aplicação de novas técnicas de reabilitação de perturbações da fala.
 

 

Tendo como base imagens de ressonância magnética captadas durante a emissão dos diferentes sons, o estudo desenvolvido pelos investigadores portugueses conduziu à construção de modelos morfológicos em três dimensões para um número considerável de sons da língua portuguesa.
 

 

ALERT Life Sciences Computing, S.A.

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.