Taxas moderadoras vão baixar em 2016

Declarações do ministro da Saúde

09 dezembro 2015
  |  Partilhar:
As taxas moderadoras vão baixar em 2016 e os utentes previamente referenciados pela Linha Saúde 24 ou pelos cuidados de saúde primários não pagarão taxas nas urgências hospitalares, anunciou esta semana o ministro da Saúde.
 
“Paga quem tiver de pagar, porque tem um consumo ou uma utilização de cuidados inapropriada. Não pode, ou não deve, pagar quem não tem uma alternativa a não ser recorrer a um ponto de cuidados de saúde que a pessoa julga o mais adequado", disse Adalberto Campos Fernandes aos jornalistas.
 
Segundo a notícia avançada pelo Jornal de Notícias, o ministro referiu que o valor das taxas moderadoras vai baixar, respeitando assim "o compromisso político que está no programa do governo".
 
"As taxas moderadoras não podem ser taxas frenadoras, castigadoras. Têm de ser taxas que modelam uma procura e que visam construir uma procura que é mais adequada ao interesse dos doentes”, disse Adalberto Campos Fernandes.
 
O ministro revelou que está a ser avaliada a possibilidade dos utentes referenciados pelos cuidados de saúde primários não pagarem taxa nas urgências hospitalares. No entanto, os utentes que não estiverem referenciados previamente e os que não tiverem quadro clínico que justifique uma ida à urgência hospitalar pagarão.
 
"O cidadão tem de perceber que vale a pena ir ao seu médico de família, ao enfermeiro de família ou visitar a sua equipa de saúde e devem, em primeira instância, recorrer a um serviço com enfermeiros treinados e com instrumentos de decisão, clinicamente testados", disse.
 
Esta iniciativa vai entrar em vigor no início do próximo ano. O objetivo do Governo é que "a Linha Saúde 24 passe a ser verdadeiramente o primeiro ponto de contacto entre os cidadãos que precisam de cuidados agudos de saúde e os serviços".
 
ALERT Life Sciences Computing, S.A.
Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.