Talidomina mostra-se eficaz no tratamento de doença sanguínea

Estudo publicado na revista “Nature Medicine”

07 abril 2010
  |  Partilhar:

O fármaco talidomina, usado na década de 60 para atenuar os enjoos da grávida mas que provocou malformações fetais, mostrou-se eficaz a tratar uma doença hereditária que afecta os vasos sanguíneos.

 

Num artigo publicado na revista “Nature Medicine”, investigadores franceses referem ter administrado talidomina a pacientes com uma doença denominada “telangiectasia hemorrágica hereditária” (THH), também conhecida por “doença de Rendu-Osler-Weber”.

 

Trata-se de uma patologia caracterizada pela uma deformação dos vasos sanguíneos que os torna frágeis e com tendência para a hemorragia.

 

A equipa, liderada por Franck Lebrin, do INSERM (Instituto Nacional da Saúde e da Investigação Médica francês), verificou, em testes realizados com ratinhos, que a talidomina conseguia reparar as paredes dos vasos sanguíneos danificados através de um mecanismo que envolve proteínas que estão implicadas no crescimento celular.

 

Os cientistas verificaram também que o mesmo efeito acontecia no ser humano: ao observarem as biopsias realizadas ao tecido nasal de pacientes com THH verificaram que o fármaco reduzia a gravidade e a frequência das hemorragias nasais, um dos sintomas da doença.

 

A doença de Rendu-Osler-Weber afecta cerca de uma em cada cinco mil pessoas. Muitos pacientes desenvolvem hemorragias nasais recorrentes e de difícil tratamento, afectando significativamente a qualidade de vida.

 

Inicialmente desenvolvido para tratar as náuseas durante a gravidez, o fármaco foi retirado do mercado depois de se terem verificado defeitos congénitos graves em recém-nascidos cujas mães o tinham tomado.

 

O fármaco foi recentemente reabilitado como imunomodulador em diferentes situações clínicas, como o mieloma múltiplo, eritema nodoso leprótico, doença do enxerto versus hospedeiro e doença de Crohn.

 

ALERT Life Sciences Computing, S.A.

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.